quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

A História do Kilt

O kilt é um saiote masculino, pregueado na parte de trás, trespassado na parte da frente, de comprimento da cintura até aos joelhos. Na Escócia, era feito original e tradicionalmente de tecido de lã e com padrões de tartan, sendo utilizado por guerreiros e batedores dos clãs, cada clã possuindo o seu próprio tartan. Era o traje típico de homens e jovens da montanhas escocesas do Séc. XVI. Desde o Séc. XIX está associado a toda a cultura escocesa e com a herança da cultura celta.

Apesar de não estar totalmente comprovado, acredita-se que o primeiro kilt é datado de 2000 a.C. e foi encontrado perto da região de Nuremberg, na Baviera, trazido pelos celtas.





Uma outra versão, atualiza ainda mais a origem do kilt: ele era usado pelos gaélicos da Irlanda, no século XIV. Com a migração do povo gaélico para o norte e oeste da Escócia, acabou sendo adotado pelos escoceses da região das Highlands.

Uma outra curiosidade é que não existem kilts com padronagens iguais. Cada tartan é feito com um entrelaçado diferente, além do conjunto de cores. É justamente esta padronagem que proporciona a característica de um clã.

Existem alguns tipos e kilts, como por exemplo o modelo faileadh morr (great kilt), que é feito de uma única peça de tecido (tartan) e é enrolado na cintura e no pescoço, preso ao corpo por um cinto de couro. Era usado para aquecer e servir de toalha e manta para dormir, pois era feito 100% de lã. Eram necessários mais de 7 metros de tecido.

Um outro tipo é o kilt tradicional de 8 yards. É comumente usado em ocasiões formais.

Temos também, o kilt casual de 5 yards. Este kilt é bem menos quente e pode ser usado em diversas ocasiões do dia-a-dia.

Para ver as cores de vários tartans clique no link

http://www.clanmachamilton.com.br/Imagens/Kilt/Webalbum/FramesetGeral.htm

Essa postagem é: 

3 comentários:

DEIVID disse...

curti mto a materia
axei q foi tudo mto resumido falando so o necesario sem ficar falando boberada
parabens

Cinha disse...

Olá Deivid,

Fico feliz que tenha gostado. Tentei resumir o máximo que eu pude pois a história é bem grande mesmo.

Obrigada pela visita e volte sempre.

Abraços
Cinha

Anabela Pedrosa disse...

ACHEI UMA PAGINA MUITO INTERESSANTE COM MUITA INFORMAÇÃO ACERCA DA CULTURA E CARACTERÍSTICAS DA ESCÓCIA.
RECOMENDO! :)