domingo, 28 de novembro de 2010

Julius Agricola na Escócia

Julius Agricola foi enviado no ano AD77 para ser governador da Grã-Bretanha para o Império Romano. Ele empurrou para o norte o Império e chegou com avanços ate o vale ao atravessar a Escócia a partir de Clyde para o Forth em AD80. Ele reforçou a frente com uma linha de fortes antes de continuar com as campanhas até o leste da Escócia, em AD83, tanto quanto em Moray Firth, utilizando uma frota para complementar as linhas de abastecimento.

O Planalto não foi penetrado pelos romanos, cujas legiões eram de fato soldiered não pelos homens de Roma, mas por romanos, melhor adaptadas ao clima amargo.

Em um lugar não rastreáveis, chamado Mons Graupius por Tácito, trinta mil Caledonio acumulou, liderada por Galgacus, para a batalha com o Império. Com o seu único armamento e formações e táticas que os romanos ganharam o dia. Após a tomada de reféns no entanto, os romanos se retiraram, enquanto sua frota navegou para Fair Isle e Orkney para investigar a topografia das ilhas britânicas.
Agricola retornou a Roma em AD87 com distinção.

leia mais em ScotClans


Leia mais!

Essa postagem é: 

História Antiga da Escócia

A história antiga da Escócia, como tantas outras nações está envolta em mistério - Foi quando o Império Romano chegou na Escócia que os registros começaram a ser mantidos.

Um lugar inóspito coberto por uma grande floresta e habitada por uma raça conhecida como os pictos - A Escócia foi abandonado por Roma, logo depois que foi descoberta.

Como os pictos, tudo desapareceu, mas a nova nação da Escócia começou a surgir.
Leia mais!

Essa postagem é: 

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Ardverikie Casa


Ardverikie House é provavelmente mais conhecido por seu papel como Glenbogle em Monarch of the Glen, Uma produção da BBC.

A casa foi construída em terra a uma curta distância Loch Laggan Castelo, uma fortaleza do clã Macpherson. Há poucos vestígios deixou de Loch Laggan Castelo e o castelo poderia ter sido usado como pavilhão de caça para os primeiros reis escoceses.

A casa foi construída originalmente em 1840 pelo Marquês de Hamilton, que havia alugado o imóvel a partir do Macphersons. Em 1867, a concessão para Aberverikie Câmara aprovou a Ramsdens e pouco tempo depois (cerca de 1914) propriedade também foi transferida. Um incêndio em 1873 causou extensos danos Ardverikie Câmara e do imobiliário teve de ser reconstruída. A casa foi concluída em 1877.


Leia mais!

Essa postagem é: 

Standing Stones Ballymeanoch


Há seis pedras dispostas paralelas umas às outras. Quatro em uma linha e duas no segundo. A pedra é o mais alto 12 pés de altura. Na mesma área encontra-se um henge pequenas e cairn. O marco também foi circundado por um conjunto de pequenas pedras.
Leia mais!

Essa postagem é: 

Achnabreck Cup and Rings


Estas esculturas são divididos em três grupos, de acordo com a localização: médio, superior e inferior. O grupo intermediário tem uma das maiores marcas de copo e anel, que mede cerca de um metro de diâmetro. Esta marca tem sete anéis sobre isso na Copa.


A foto à esquerda mostra uma marca invulgar. Havia vários desses no meio de pedras e superior. O conjunto inferior de não ter tantas e foi localizado mais longe da média e pedras superior.



Leia mais!

Essa postagem é: 

Alestorm


Alestorm é uma banda de folk/power metal formada em Perth, Escócia, originalmente com o nome de Battleheart em 2004. Suas músicas são caracterizadas por usar como temática histórias de piratas, razão pela qual eles descrevem seu estilo como "True Scottish Pirate Metal"(Verdadeiro metal pirata escocês). O primeiro álbum da banda foi lançado em 25 de Janeiro de 2008, intitulado Captain Morgan's Revenge.

Integrantes

* Christopher Bowes - Teclados e Voz
* Dani Evans - Guitarra
* Gareth Murdock - Baixo
* Peter Alcorn - Bateria

Discografia
Álbuns

* Captain Morgan's Revenge (2008)
* Black Sails at Midnight (2009)

EP's/Demos/Singles

* Battleheart (EP, 2006)
* Terror on the High Seas (EP, 2006)
* Heavy Metal Pirates (Single, 2008)
* Leviathan (EP, 2008)

http://www.myspace.com/alestorm
Leia mais!

Essa postagem é: 

domingo, 21 de novembro de 2010

Alexander Campbell Fraser

Alexander Campbell Fraser, um famoso filósofo escocês


Alexander Campbell Fraser (1819-1914) nasceu em Ardchattan, Argyllshire e, na idade de quatorze anos, ele começou sua carreira universitária na Universidade de Glasgow e, em seguida, da Universidade de Edimburgo. Em 1836, Alexander Fraser Campbell se tornou um estudante do metafísico, influente escocês, Sir William Hamilton, nono Baronet que tinha sido eleito para a cadeira de Edimburgo, de lógica e metafísica. Em 1846 tornou-se professor de Lógica no New College, Edimburgo e em 1856 ele conseguiu Sir William Hamilton como professor de Lógica e Metafísica na Universidade de Edimburgo e em 1859 tornou-se reitor da faculdade de artes.

Sir William Hamilton era para ser uma grande influência sobre Fraser, que disse: "Eu devo mais a Hamilton do que para qualquer outra influência". Parece que Hamilton inspirou Fraser estudar o Inglês filósofo George Berkeley, e, em 1871 ele publicou um "Edição coletada das Obras do Bispo Berkeley com anotações, etc. "E mais tarde, em 1881 ele publicou um"Biografia de Berkeley". Interesses Fraser alargada a outros filósofos, incluindo Inglês Samuel Taylor Coleridge e John Locke e Fraser em 1894 publicou o seu"Edição anotada do Ensaio de Locke"(E ele também contribuiu para a entrada da Enciclopédia Britânica para John Locke). Outras publicações incluíram o"Filosofia do Teísmo"(1896) e, em 1898, o"Biografia de Thomas Reid" (Thomas Reid foi um famoso filósofo escocês e contemporâneo de David Hume, outro famoso filósofo escocês).

Em 1904 Alexander Campbell Fraser publicou sua autobiografia "philosophica Biographia", Em que ele examinou seu próprio desenvolvimento intelectual. Esta publicação foi de interesse para outros filósofos, mas também é um importante documento histórico que nos permite uma visão para a sociedade da época. O Biographia contém informações valiosas sobre a 19th Century Land of Lorne e Argyllshire sociedade. Ele também contém detalhes da vida universitária em Glasgow e Edimburgo, durante o período em que Fraser viveram e trabalharam nesses Universidades.

Biographia Fraser também continha uma história primitiva do Norte Britânica de Revisão, que havia sido formada em 1844 por um grupo de membros da Igreja Livre da Escócia. A partir da Biographia somos capazes de aprender da infância Fraser, que parece ter sido austero e religioso estrito. Isso pode explicar o interesse de Fraser na escova revisão norte que era uma "opinião nacional" para a Escócia, ao longo das linhas do secular "Edinburgh Review"E bastante conservador"Revisão Trimestral"Mas com uma concentração em política e religião com uma perspectiva mais liberal.



Visite a página do site Virtual Scotland
Leia mais!

Essa postagem é: 

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Lowlands - Terras Baixas (Escócia)


As Terras Baixas da Escócia (gaélico escocês A' Ghalldachd', significado aproximado 'região não-gaélica', em inglês Scottish Lowlands) são a região plana no sul da Escócia, onde existe uma forte tradição da igreja presbiteriana (a Kirk, uma igreja calvinista). É também a zona mais desenvolvida da Escócia, ali se situando as cidades de Glasgow e Edimburgo.

Esse topônimo não é usado formalmente e na realidade ele abrange algo que seria entre a parte meridional do Planalto Central Escocês e as Bordas (Borders).

Por contraste, as Terras Altas são uma região mais tradicional, pobre, onde o catolicismo permaneceu influente ao longo da História da Escócia.
Leia mais!

Essa postagem é: 

Highlands - Terras Altas (Escócia)


As Terras Altas (em gaélico escocês A' Ghàidhealtachd, em inglês Highlands ) são uma zona montanhosa do norte da Escócia, onde o catolicismo permaneceu influente ao longo da História da Escócia. As Terras Baixas, por outro lado, são um bastião do protestantismo (sobretudo o calvinismo na sua forma presbiteriana - ver Kirk). Politicamente, as Terras Altas caracterizavam-se até ao século XVIII por um sistema feudal de famílias poderosas, os famosos clãs escoceses.

A língua gaélica escocesa é atualmente falada apenas em algumas regiões das Terras Altas. O seu centro administrativo é Inverness.

Antes do século XIX, havia uma grande concentração de habitantes; porém após alguns acontecimentos - como por exemplo a Revolução Industrial - os quais resultaram na migração dos habitantes dessa área para as áreas urbanas, atualmente as Terras Altas possuem uma alta escassez de habitantes.( Me convida pra morar aí, que eu vou voando rsrss).

Leia mais!

Essa postagem é: 

Solemn League and Covenant (convenção ou contrato e liga solenes)

O Solemn League and Covenant, foi um acordo solene que teve a sua primeira versão assinada em 28 de Fevereiro de 1638 em Edimburgo, na Escócia. Trata-se de um documento de central importância na história do nacionalismo escocês. Ocorre pouco depois de o rei Charles I de Inglaterra, que também reinava sobre a Escócia, sendo na verdade sua dinastia (Stuart) de origem escocesa, ter procurado forçar os nacionais desse reino (a maioria dos quais seguiam a doutrina presbiteriana de John Knox, inspirada no Calvinismo) a praticar nas igrejas os ritos comuns à Igreja Anglicana (em 23 de Julho de 1637 tinham-se iniciado novos desacatos). Nesta convenção ficava resguardada a liberdade de culto da igreja escocesa (Kirk). Deu origem a um verdadeiro movimento social (os covenanters). O covenant teve um impacto muito maior nas Lowlands (zona protestante) do que nas Highlands (zona católica).

Aplicava na prática determinados princípios de inspiração democrática, recusando o poder do rei Carlos I em nome da soberania dos escoceses. Aqueles que o assinaram juraram defender a fé que John Knox tinha fundado. Desencadeou uma verdadeira onda de entusiasmo popular. Foram enviadas cópias para assinatura por todo o país. Diz-se que houve mesmo pessoas que assinaram com o seu próprio sangue. No entanto, também é verdade que houve coerção. Algumas pessoas que se recusavam a assinar o documento foram expulsas.

Mesmo nos colonatos de escoceses do Ulster, muitos assinaram o documento, apesar dos esforços dos oficiais reais em o evitar.

Consequentemente, em Novembro de 1638, a Assembleia General de Glasgow declarou a guerra ao reinado de Satanás e do Anticristo, referindo-se ao rei e seus bispos anglicanos. A estrutura presbiteriana não admite bispos, organizando-se de baixo para cima e não de cima para baixo.

Esta tensão entre três forças, a saber:

* Os puritanos, sobretudo na Escócia mas também em Inglaterra
* O parlamento inglês, convocado pelo rei após um longo período de recesso, a fim de obter impostos para enfrentar os rebeldes escoceses
* As forças do rei Charles I de Inglaterra, um déspota que não tinha intenção de ceder o poder ao parlamento

acabariam por resultar na Guerra Civil Inglesa, na derrota de Charles I, seu julgamento e execução em 1649 e a instauração do regime de Oliver Cromwell.

Se se pode dizer que a Guerra Civil Inglesa pôs fim à tendência ao despotismo dos monarcas ingleses e implantou definitivamente o Parlamento e a forma de governo pluralista, esta vitória das forças democráticas deve muito às revoltas religiosas dos puritanos na Escócia.
Leia mais!

Essa postagem é: 

Castelo Muchalls


Outro fantasma também chamado de Dama Verde assombra o Castelo Muchalls em Aberdeenshire, na Escócia.

Aparentemente, existe um túnel por baixo do castelo e este túnel se estende até a proximidade do mar.

Diz à lenda que há muitos anos atrás, uma moça se aventurou na entrada do túnel para encontrar o seu amante, pela água, mas ela se afogou, quando a maré cheia entrou no túnel. Ela assombra, e às vezes até aparece, em uma das salas do castelo.
Leia mais!

Essa postagem é: 

Fotos da Escócia


Leia mais!

Essa postagem é: 

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Comunicado!!!


Olá amigos do blog "A Linda Escócia". Estou temporariamente afastado do blog pois estou muito ocupada divulgando o meu livro. Mas assim que as divulgaçoes terminarem em volto a postar aqui no blog. Eu poderia passar por aqui e postar qualquer coisa e de qualquer maneira, so por postar, mas jamais faria isso. Tudo o que eu posto aqui, e feito uma pesquisa, e postado com carinho e dedicaçao, como tento fazer tudo em minha vida. Entao vou dar uma paradinha aqui, mas volto logo, logo.

Para voces terem uma ideia de como sou apaixonada pela Escócia. O meu primeiro livro de romance se passa na Escócia. Vou deixar o link aqui para quem quiser dar uma olhadinha no meu livro.

http://www.bookess.com/read/5901-meu-guerr


Leia mais!

Essa postagem é: